Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Tratamento Periodontal

Aviso Importante aos Leitores
O Blog “Saúde Periodontal, Periodontite e Gengivite” mantido pela Cirurgiã Dentista Thais Gonçalves Zillo tem como finalidade esclarecer e educar a população sobre os assuntos Odontológicos de relevante interesse da coletividade. Não visamos autopromoção ou sensacionalismo, preservando a ética e o decoro da profissão, razão pela qual não fornecemos consulta, diagnóstico ou prescrição de tratamento, tampouco emitimos opinião sobre tratamento realizado por terceiros. Destacamos que a Odontologia é uma profissão que se exerce, em benefício da saúde do ser humano e da coletividade, sendo considerada como uma ciência de meios e não de resultado, uma vez que cada paciente possui particularidades que interferem diretamente na técnica empregada pelo Cirurgião Dentista e no sucesso do tratamento executado. Dessa forma, orientamos que havendo dúvidas sobre a sua saúde bucal ou quanto ao seu tratamento odontológico, que seja consultado o seu Cirurgião Dentista.



Eu imagino que deve ser difícil para um paciente entender qual o valor de uma "limpeza", o tempo que se leva, demorar tantas consultas e ainda terminar em cirurgia!! Por isso esse "post" tem o intuito de instruir o paciente que necessita de tratamento periodontal.

Basicamente, tanto a gengivite como a periodontite são causadas pela presença de bactérias na superfície do dente. Logicamente, o tratamento é remover essas bactérias. A diferença é o quanto essa "limpeza" se aprofunda dentro da "fenda" entre a gengiva e o dente.

Nos casos de gengivite, as bactérias e o cálculo dental ficam depositados apenas na porção do dente que nós conseguimos ver, o que chamamos de supragengival (ou seja, acima da margem da gengiva). Na periodontite, os depositos de bactéria e cálculo ficam, geralmente, tanto supragengival como abaixo da margem da gengiva (subgengival) e por essa característica que temos tratamentos diferentes.

Para tratar a gengivite e remover os depósitos supragengivais, geralmente os Cirurgiões Dentistas indicam como tratamento um programa de educação e higiene dental, associado a profilaxia profissional. Esse programa inclui sessões onde o profissional fornece educação em saúde bucal, ensinando o paciente a higienizar a boca (escovar dentes, usar fio, limpar a língua), instruindo sobre condições de saúde geral e habitos como o fumo, e remove a placa e o cálculo supragengival utilizando aparelhos como ultrasson, jato de bicarbonato, escovinha acoplada a peça de mão e instrumentos de raspagem manual como curetas e foices. Além disso, o Cirurgião Dentista pode propor retornos para reforçar as instruções de higiene, avaliar a eficiência dos cuidados caseiros e fazer novas profilaxias quando necessário. É de suma importância cumprir a agenda determinada pelo Cirurgião Dentista para que a saúde seja monitorada de acordo com a necessidade.

Para tratar a periodontite o Cirurgião Dentista precisa de todas as estratégias do tratamento de gengivite e muito mais conhecimento técnico e habilidade. Os depósitos subgengivais se espalham pela superfície das raízes do dente e da mesma forma que os depósitos supragengivais, precisam ser removidos. O procedimento de remoção dos depósitos se chama raspagem e alisamento radicular e o número de sessões depende da severidade da doença e número de dentes afetados. A anatomia das raízes dentais nem sempre é favorável à raspagem e frequentemente o acesso é muito difícil. O Cirurgião Dentista precisa de muita habilidade para raspar e ainda assim alguns locais de alguns dentes não desinflamam e, eventualmente, uma cirurgia de acesso a essa raiz é necessária. Alguns dentes tem duas ou mais raizes e quando a perda óssea atinge essa porção entre as raízes chamamos de lesão de furca. Geralmente, as lesões de furca são as áreas que não respondem bem ao tratamento. E depende muito do grau de lesão para escolher o tratamento mais adequado, desde um simples acesso para visualizar a região até técnicas radicais como amputação de uma das raízes. Em casos extremos, a extração do dente pode ser indicada por já não ter mais suporte ósseo devido ao avanço da doença.

Baseados nos mesmos princípios de remoção dos depósitos bacterianos, existem vários métodos e técnicas para tratar periodontite. Eu não ficaria surpresa se um paciente fosse examinado por 5 dentistas e cada um deles apresentasse um planejamento diferente. A escolha do melhor tratamento depende muito do estado de saúde do paciente e da habilidade e experiencia de cada periodontista. A única coisa que não muda é a necessidade do paciente aderir ao tratamento proposto. Modificar o comportamento do paciente é muitas vezes o maior desafio para o Cirurgião Dentista, que precisa da cooperação do paciente para restabelecer a saúde periodontal. No dia-a-dia o paciente deve seguir as instruções do Cirurgião Dentista para evitar novas inflamações e permitir o reparo das áreas lesadas pela doença. Por isso, a adesão do paciente ao tratamento é o fator mais importante para o sucesso!


Na Odontologia, em todas as suas áreas (especialidades), existem inúmeras técnicas de tratamento que podem ser indicadas para o mesmo caso dependendo tão somente das condições de saúde bucal do paciente, diagnóstico do profissional e técnicas com que o mesmo trabalha.

2 comentários:

  1. Oi! Também sou Periodontista e estou amando o blog, o conteúdo básico utilizando linguagem simples é bem auto-informativo.

    ResponderExcluir
  2. Olá! Obrigada, fique a vontade para participar com comentários! Um abraço,
    Thais

    ResponderExcluir